Especial Cloud: o que realmente muda?

B2B Magazine

Switch to desktop Register Login

Especial Cloud: o que realmente muda?

 

O único esforço que o cloud computing demanda da empresa é o acesso, acredita Ivan Morais, sócio da Innovative. Que o novo conceito já é quase regra no mundo corporativo é fato, mas o que realmente muda com sua adoção?

 

Para o CEO da Broadtec, Rogério Costa, a nuvem revolucionou o modo como as companhias operam. “Esse recurso impacta fortemente o desenvolvimento de novas estratégias, como acesso igualitário à tecnologia de ponta, gerenciamento remoto, infraestrutura enxuta e redução de custos”, explica. Além disso, otimiza o dinamismo de diferentes modelos de negócios e dinâmica, beneficiando a posição da corporação na concorrência.

 

E se eu não quiser adotar? Além de dinamizar diferentes modelos de negócios, o cloud acelera decisões. “Seus concorrentes estarão ganhando velocidade, se beneficiando com os ganhos em alta escala que a nuvem proporciona por meio do compartilhamento de recursos dos grandes provedores”, explica Renato Panessa, diretor comercial da Globalweb Outsourcing.

 

Quais são os pontos duais da computação em nuvem?
“Os prós e contras dependem da cultura da empresa”, lembra Morais.“Se uma empresa já tem o seu modelo de negócio pronto e está na fase de definir e investir em infraestrutura e gestão de recursos, o cloud é uma ótima opção. Agora, se o negócio já está consolidado fora da nuvem, a migração pode ser problemática”, complementa Isac Campos, diretor de projetos e novos negócios da Syonet.  

 

A preparação para utilizar o modelo também é uma mudança de cultura, segundo o executivo da Innovative. “É preciso confiar nas empresas que oferecem os serviços, já que as aplicações, depois de implementadas, estão prontas para uso”.

 

Ao mesmo tempo em que a administração externa do ambiente dos sistemas pode ser uma característica negativa, ela diminui a necessidade de investimento técnico em TI (em hardwares, softwares ou mesmo em pessoal), deixando o capital centrado em prioridades da empresa. O custo de manutenção com possíveis equipamentos de armazenamento também ficam fora do planejamento interno.   

 

Fora isso, a terceirização facilita o encontro de dados e agiliza a produtividade. “Em caso de quedas de energia, o trabalho não precisa parar, pois os arquivos estarão disponíveis na nuvem”, exemplifica Carlos Carlucci, country manager da Vocalcom Brasil.

 

“A nuvem permite a possibilidade de compartilhar dados de qualquer lugar do mundo, desde que haja acesso à internet”, lembra o especialista da Broadtec. O que, claro, demanda uma boa infraestrutura de rede na empresa, algo que não pode ser esquecido no pré-planejamento da adoção.  

 

Para Panessa, a elasticidade do armazenamento também é um ponto a se pensar. Sem contar a possibilidade de backups e restores caso alguma coisa dê errada nos servidores. “Outro fator interessante é a compressão de dados. Na nuvem, um programa que ocupa 20 GB no seu servidor, ocupará apenas 2 GB, por exemplo”, recorda o especialista Ivan Morais.  

 

No entanto, alguns cuidados são necessários para adotar o cloud. Algumas vezes, podem ocorrer conflitos entre as inúmeras tecnologias. “Ainda há muita confusão entre práticas de serviços, subscrições, outsourcing e a plataforma cloud”, explica Panessa.

 

Segundo o executivo, a empresa também precisa lembrar que o time de TI irá cuidar da gestão dos dados organizacionais. Caso contrário, serviços contratados podem não ser cumpridos totalmente ocasionando prejuízos.

 

Uma unanimidade entre os especialistas é a preocupação com a segurança. Como lidar com as questões de proteção? Podem existir perdas? O Especial Cloud da semana que vem vai abordar esse contexto, não perca!

 

*A série cloud da B2B Magazine será publicada todas as sextas, continue acompanhando as discussões sobre o assunto pelo Facebook e Twitter sob a hashtag #EspecialCloud.

 

Leia mais:
Especial Cloud: o que é?
O que a nuvem oferece aos negócios?
Cognizant Computing: uma nova fase de negócios

 

Compartilhe:

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
" num_posts="7" width="600">

B2B Magazine 2013 - Todos os direitos reservados.

Top Desktop version