Infográfico: como os wearables impactam os negócios?

B2B Magazine

Switch to desktop Register Login

Infográfico: como os wearables impactam os negócios?

Infográfico: como os wearables impactam os negócios? Reprodução


Atualmente em pleno desenvolvimento, os wearables chamam muito a atenção pela inovação de sua aplicação nos mais variados segmentos. A pesquisa “Colocando Wearables para trabalhar: Insights sobre a Tecnologia dos Wearables em Negócios", da Salesforce, aponta que os dispositivos vestíveis são vistos como uma plataforma estratégica para melhorar o desempenho dos negócios e são uma área em expansão de investimento.

 

Os resultados demonstram como os profissionais que adotam os wearables estão planejando incorporar esses dispositivos em processos de negócios do dia-a-dia para melhorar a produtividade e conectividade entre os funcionários e os clientes.


"Os wearables são a próxima fase da revolução dos mobiles. Como os smartphones antes deles, a chave do sucesso para os wearables nas empresas está totalmente relacionada com aplicativos corporativos matadores”, acredita Lindsey Irvine, Diretora Global de Parcerias Estratégicas da Salesforce. "Esta pesquisa demonstra a enorme oportunidade para os casos de uso de wearables para impulsionar negócios de valor significativo”.

 

Confira os principais insights no infográfico:

 

 

Fora isso, a companhia conclui que o uso dessa tecnologia deve triplicar nos próximos dois anos.

 

Aplicações

Os smartwatches estão vencendo corrida da tecnologia de wearables corporativos. As principais aplicações para os relógios inteligentes são:

  • Inteligência aumentada de vendas: para uma equipe de vendas que trabalha remotamente ou on-the-go, os representantes de vendas podem usar inputs de recursos de fala em sua língua para enviar informações diretamente do smartwatch a um sistema de CRM.
  • Oferecer uma experiência VIP ao consumidor: representantes de serviço ao consumidor usando um smartwatch em um ambiente de varejo, por exemplo, pode ser alertados sobre as preferências dos consumidores-chave, permitindo que eles propiciem uma experiência high-touch altamente personalizada.

 

Para os cordões digitais e óculos inteligentes, o uso pode ser aprimorado para:

  • Propiciar experiências integradas on-site: crachás e cordões RFID podem ser
  • implantados em um resort para transacionar pagamentos e gerenciar o acesso a quartos ou áreas VIP. Os dispositivos também geram dados, os quais podem ser analisados para a obtenção de insights sobre o melhor fluxo de tráfego dentro de um local de um evento ou em determinados momentos do dia.
  • Minimizar o tempo de inatividade para o serviço de campo: os óculos inteligentes podem fornecer suporte imediato aos representantes de serviços de campo remotos. Por exemplo, um técnico em uma plataforma de petróleo pode se conectar a diagramas técnicos pelos óculos inteligentes, que mostram os passos necessários para um reparo.

 

O relatório também destacou a forma como as empresas podem tornar-se mais bem preparadas para incorporar os wearables em seus negócios, como a adoção de políticas que apoiam o Bring-Your-Own-Wearables (BYOB). Enquanto 54% das empresas já têm uma política de BYOB, mais 40% das empresas estão planejando implantar uma política de BYOW no futuro.

 

*Infográfico: Fernanda Pelinzon

 

Leia mais:
Dispositivos vestíveis e o relógio de luxo do futuro
A tecnologia trará a ficção à vida
Tecnologia vestível contra o câncer

 

Compartilhe:

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
" num_posts="7" width="600">

B2B Magazine 2013 - Todos os direitos reservados.

Top Desktop version