See, think, Do e care: a estratégia de business do Google

B2B Magazine

Switch to desktop Register Login

See, think, Do e care: a estratégia de business do Google

See, think, Do e care: a estratégia de business do Google Shutterstock


Empresas de e-commerce possuem diferentes formas de pensar a UX (experiência do usuário) em uma versão para celular de um site ou mesmo dentro de um aplicativo. No Google, existem quatro passos, quais sejam: See, Think, o Do e o Care. A seguir, o que é e como funcionada cada ideia:

 

See: É o primeiro estágio da experiência do público com um produto – e não como uma marca. É nesse estágio que surge o desejo de consumir algo, mas faltam informações sobre o que é, para que serve, quanto custa e muitas outras questões. No entanto, o consumidor ou o usuário não possui muitas informações sobre o produto. Esse desejo leva o usuário a procurar as primeiras informações sobre um determinado objeto na internet.

 

Think: Nesse estágio, a pessoa conhece o produto, mas faltam informações sobre as opções disponíveis no mercado. É nesse momento que as marcas são apresentadas ao usuário de um smartphone, algo que lembra uma lista de supermercado. Por exemplo: se tenho que comprar um sabão, quais marcas eu tenho à disposição? Para o Google, é o momento em que a publicidade no mobile deve entrar e exibir suas qualidades.
 
Do: É onde estão as pessoas com forte intenção de compra ou próxima do uso de um determinado conteúdo. É o momento da ação do dono do smartphone. É nesse momento em que a pessoa liga para fechar um contrato ou executa o último clique no site do celular.

 

Care: É o momento da experiência para o consumidor fiel. Nesse momento, não se pode utilizar a mesma estratégia adotada no See ou Think. A linguagem, por exemplo, é diferenciada, assim como as ações voltadas para esse cliente ou usuário assíduo da plataforma ou marca.

 

*Quer saber mais? Continue acompanhando o #EspecialMobile!

 

Leia mais:
Especial Mobile: a nova era da internet
Quem nasce primeiro: o site mobile ou aplicativo?
Micromomento: a unidade de medida do mundo mobile

 

Compartilhe:

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

B2B Magazine 2017 - Todos os direitos reservados.

Top Desktop version