Método “Inside Sales” otimiza vendas e custos

B2B Magazine

Switch to desktop Register Login

Método “Inside Sales” otimiza vendas e custos

Método “Inside Sales” otimiza vendas e custos Shutterstock

 

 
A busca por inovação para otimização e redução de custos está cada vez mais constante dentro das empresas. Muitas procuram novas formas de aperfeiçoar seus esforços de vendas para conquistar um maior retorno em investimentos e, assim, impulsionar os lucros. Além disso, o Brasil passa por um período de recessão econômica quando o foco das marcas deve ser o maior retorno possível dos esforços da equipe de vendas.
 
Uma maneira de tornar essa época mais lucrativa é o uso de ferramentas que ajudam conforme a demanda.  Uma delas é o método Inside Sales (“vendas internas”), um processo que vem sendo implantado nas empresas e utilizado para complementar o comércio, focando na evangelização dos clientes, otimizando os processos e o aumento das receitas. Com essa metodologia é possível superar os desafios do mercado e sair ganhando mesmo em um momento desfavorável economicamente.
 
Atualmente, é possível incorporar mobilidade e conexão ao seu negócio, aproveitando para economizar tempo e dinheiro, de forma organizada e fácil. Com essa abordagem, os vendedores podem estudar os clientes e obter maiores informações sobre os mesmos com o uso das mídias sociais, por exemplo, para fazer contatos mais bem planejados, tendo maiores possibilidades de serem bem aceitos para visitas e reuniões.
 
No Inside Sales, o trabalho dos vendedores deve ser amparado por materiais ricos, elaborados com técnicas de marketing de conteúdo. Ao criar esses materiais, que tomam o formato de e-books, guias e apresentações diversas, sua empresa pode apresentar aos seus potenciais clientes as vantagens de seus produtos ou serviços, e até mesmo esclarecer dúvidas que impedem a venda.
 
Após conferirem seus materiais, os potenciais clientes estarão mais dispostos a receber um representante de sua empresa. E a partir desse momento, você terá uma lista de potenciais clientes interessados. O próximo passo é estudar esses clientes, levantar informações e entrar em contato com eles, esclarecendo dúvidas e apresentando melhor seus produtos ou serviços. Ou seja, sua equipe será mais assertiva nas abordagens de vendas, pois o cliente já ficou sabendo e teve contato com seus materiais.
 
Lembre-se sempre que é importante elaborar uma estratégia sólida para a transição e aplicação do Inside Sales, de forma gradual, até que sua equipe esteja apta para trabalhar com a nova proposta. Certamente os resultados são bem satisfatórios.
 
*Gustavo Paulillo é CEO do Agendor

 

Leia mais:
4 apps aliados das vendas externas
10 mandamentos para otimizar sua operação de atendimento
É possível prosperar na crise?

 

Compartilhe:

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
" num_posts="7" width="600">

B2B Magazine 2013 - Todos os direitos reservados.

Top Desktop version