5 tendências de tecnologia em educação para 2016

B2B Magazine

Switch to desktop Register Login

5 tendências de tecnologia em educação para 2016

5 tendências de tecnologia em educação para 2016 Shutterstock


A cada ano assistimos à chegada de inovações que facilitam o dia a dia e mudam nossa forma de viver.  O que era novo há um ou dois anos atrás já se popularizou ou tornou-se obsoleto. A educação não foge desse panorama: cada vez mais a tecnologia invade a área do ensino e revoluciona o processo de aprendizagem.


Para 2016, podemos esperar algumas novidades interessantes na área de educação. A maioria já está sendo colocada em prática, mas deve se fortalecer nesse próximo ano. Confira a lista que preparamos com essas tendências:


1) Gamificação
A proposta da gamificação é deixar o aprendizado mais atrativo para os alunos. Para isso, a ideia é trazer elementos dos videogames, como rankings e desafios, para aplicativos e plataformas de educação. Dessa forma, os estudantes tendem a absorver melhor os conteúdos e se interessam mais por aquilo que é transmitido. Esse é um processo que já está em prática há alguns anos, mas que vem ganhando força recentemente.


2) Aprendizado Informal / Ideal colaborativo
Em tempos de economia compartilhada e redes sociais, as relações entre “pessoas reais” se intensificaram. Hoje, todos estão conectados e dispostos a compartilhar conhecimento. Esse cenário é ideal para a criação de ambientes virtuais de aprendizagem, que ofereçam cursos informais sem vínculos com uma instituição de ensino. Assim, a tendência é que as pessoas compartilhem cada vez mais seus conhecimentos, aumentando o número de vídeos, tutoriais, textos e outros formatos possíveis de ensino.


3) Ensino Personalizado
Cada pessoa tem suas preferências, interesses e facilidades de aprendizado. Mas sempre foi inviável pensar em um ensino personalizado, que atendesse as particularidades de cada indivíduo. A tecnologia rompe esse paradigma e cria uma nova oportunidade. Os alunos podem ser direcionados por meio de diversos recursos, como vídeos e infográficos. Com a multiplicidade de conteúdo disponível online, os estudantes também ficam livres para construir o seu próprio caminho de aprendizagem.


4) Blended Learning (Ensino Híbrido)
A tecnologia também vai entrar nas salas de aula e fazer parte do currículo escolar. A tendência é que os ambientes de ensino mesclem o online com o offline, o que caracterizamos de “Ensino Híbrido”. Essa estratégia contribui para a personalização do ensino, já que coloca o aluno no centro do processo e deixa as aulas muito mais dinâmicas.


5) Vídeos e novos formatos
Os vídeos já se consolidaram como ferramenta fundamental para vários segmentos, inclusive a educação. Mas a tendência é que eles se tornem mais dinâmicos, sejam utilizados de modo estratégico e atinjam mais pessoas. Outros formatos inovadores também devem ganhar força como o streaming de aulas e animações.


*Dirceu Minetto é CEO e fundador da Edumais, uma rede social que integra cursos online e aproxima professores e alunos

 

Leia mais:
Quando iremos abandonar as tradições e usar a tecnologia?
Educando através da tecnologia
Educação 2.0 

Compartilhe:

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

B2B Magazine 2017 - Todos os direitos reservados.

Top Desktop version