O home office é uma alternativa para a crise?

B2B Magazine

Switch to desktop Register Login

O home office é uma alternativa para a crise?

O home office é uma alternativa para a crise? Shutterstock


Já há algum tempo o Estado de São Paulo vem sofrendo com a crise do abastecimento de água. O problema alertou outras regiões do Brasil e, infelizmente, se somou à crise econômica no país, resultando em um aumento no desemprego e altas taxas de juros. Em meio a tantos pontos negativos, o empresário não tem outra saída senão economizar.
 
Uma das alternativas para enxugar os custos é adotar o home office. Quem mora em uma cidade grande sabe como as diversas horas no trânsito todos os dias podem não só elevar o cansaço, como também afetar a produtividade. Segundo um estudo do Global Evolving Workforce, 49% de quem trabalha em casa sente menos estresse e 52% têm mais tempo para a família.
 
A tecnologia surgiu há décadas, entre outros quesitos, para melhorar a qualidade de vida do cidadão e baratear os processos em uma corporação. Por isso, trabalhar de casa já se tornou uma tendência para milhares de pessoas. Só para citar um exemplo, de acordo com outra pesquisa, desta vez realizada pela Regus, 86% dos funcionários no mundo utilizam pelo menos uma ferramenta ao mês para se comunicar fora do escritório. Além disso, 73% acredita ser necessário controlar a sua própria produtividade no ambiente externo.
 
Para adotar o novo estilo, a solução é simples: basta ter um rede privada e fornecer o computador ao colaborador com um softphone instalado. O PABX necessita ter regras de discagem, a fim de evitar uma invasão e uso inadequado da ferramenta. O ACL - Access Control List, definido como Controle de Acesso, também reforça a segurança, definindo quem poderá usar a central de telefonia em home office.
 
Para garantir a qualidade do serviço, relatórios em tempo real auxiliam na monitoria constante, com a possibilidade de definir e configurar o horário de trabalho. O gestor também pode optar por realizar a gravação de voz e tela, permitindo o acompanhamento das atividades para um feedback mais assertivo.
 
Seja em casa, na rua ou no ambiente corporativo, o importante é motivar a sua equipe para bater as metas. Todos nós temos obstáculos no dia a dia: uns mais, outros menos. No entanto, como diria Benjamin Franklin, "Viver é enfrentar um problema atrás do outro. O modo como você o encara é que faz a diferença".
 
*Fernando Lujan é Diretor de TI da Total IP

 

Leia mais:
Franquia home-office: nova opção de negócios
Uma solução para home office

 

Compartilhe:

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
" num_posts="7" width="600">

B2B Magazine 2013 - Todos os direitos reservados.

Top Desktop version